Traduzido com o Google: Nota de Ville Hietanen (Jerome) de ProphecyFilm.com e Against-All-Heresies-And-Errors.blogspot.com: Atualmente, eu (mas não meu irmão do e-mail “profhecyfilm12”) atualizei muitos dos meus velho acredita estar mais alinhado com o Vaticano II e eu não aderimos mais à posição de que o Vaticano II ou os protestantes, muçulmanos, budistas ou vários grupos e povos tradicionalistas etc. ou os vários ensinamentos, santos e adeptos do Vaticano II (e outros canonizados pelo Vaticano II) como Santa Madre Teresa ou São Papa João Paulo II etc. foram heréticos ou condenados ou não católicos (ou não o Papa) - ou que são indignos deste título. Também abracei as visões sexuais do Vaticano II sobre o casamento e não adiro mais às interpretações estritas expressas neste site e em meus outros sites. Para ler mais sobre meus pontos de vista, veja estes artigos: Algumas correções: Por que eu não condeno mais os outros ou os julgo como maus que fiz antes. Por que eu não rejeito mais o Vaticano II e os padres católicos tradicionais ou o recebimento de sacramentos deles (no batismo de desejo, batismo de sangue, planejamento familiar natural, una cum etc.) Perguntas e respostas: condenação e tormentos eternos para nossos filhos e entes queridos é "Verdadeiro" e "Bom", mas a Salvação para Todos é "Mal" e uma "Heresia"?

Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Na verdade, Maria Desatadora dos Nós é uma devoção que surgiu em 1700, na cidade de Ausburgo, na Alemanha. Johann Schmittdner pintou a Virgem Maria inspirado na meditação feita por São Irineu, bispo de Lyon e mártir no ano 202, que, à luz do paralelismo escrito por São Paulo sobre Adão-Cristo, criou o de Eva-Maria, dizendo: "Eva, por sua desobediência, atou o nó da desgraça para o gênero humano; ao contrário, Maria, por sua obediência, o desatou!"
Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Nossa Senhora Desatadora dos Nós é apenas um entre muitos títulos de Maria. Ela nasceu na Alemanha, em 1700, como Maria Knotenlöserin (do alemão knot, “nó”, e löser, “desatar”). Na época, o presbítero da capela de St. Peter Am Perlach, na cidade de Augsburg, encomendou ao pintor Johann Schmittdner um quadro de Nossa Senhora. Para compor o painel foi buscar inspiração nos dizeres de Santo Irineu, Bispo de Lyon, no Século III: “Eva atou o nó da desgraça para o gênero humano; Maria por sua obediência o desatou”.

Maria é representada como a Imaculada Conceição e encontra-se entre o céu e a terra. O Espírito Santo derrama sua luzes sobre a Virgem. Em sua cabeça vemos 12 estrelas. Um dos anjos entrega-lhe uma faixa com nós grandes e pequenos, separados e juntos. Estes nós simbolizam o pecado original e nossos pecados cotidianos, que impedem de a graça frutificar em nossas vidas. Na parte inferior do quadro vemos que a faixa cai livremente e que um nó está desatado. Há um anjo, um homem e um cachorro que dirigem-se à uma igreja. Parece ser uma referência ao livro de Tobias (6,13) onde este empreende uma longa e penosa viagem quando conhece Sara que já casara sete vezes e que na noite de núpcias seus maridos morriam devido a um demônio que dela se enamorara. Tobias casa-se com ela e volta à casa de seu pai. Isto significa que há de se desatar primeiro os nós para que dois corações venham se encontrar.

Assim, Nossa Senhora Desatadora dos Nós é invocada como aquela que nos ajuda a tirar todos os males de aflições que nos escravizam e nos tornam infelizes e pessimistas, dando-nos a verdadeira liberdade que só seu Filho Nosso Senhor Jesus Cristo pode nos dar.

A pintura não demorou a se tornar objeto de culto dentro dos limites de Augsburg e depois se espalhando pelo mundo. Maria é representada como a Imaculada Conceição.
www.TodososCatolicos.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!